Por Úbeda e Baeza

 

No regresso de Granada, passámos por Ubeda, onde dormimos duas noites no Hotel La Rosaleda, mesmo no centro histórico da cidade. Trata-se de um hotel instalado num edifício antigo, mas com instalações muito limpas e agradáveis.

Úbeda é uma cidade património da Humanidade, tal como Baeza e Toledo. Dado ser uma cidade pequena, não foi necessário retirar o carro da garagem. Tem várias igrejas que merecem visita embora seja necessário pagar para as visitar, a não ser que se aproveite a hora da missa.

Tem várias casas de família que merecem ser visitadas.

No segundo dia visitámos Baeza, mais pequena que Úbeda, mas mais arejada, sendo mais agradável de visitar. É a cidade onde viveu e foi Professor Universitário o poeta António Machado. Não se deve perder uma visita aos claustros da Universidade com destaque para o Paraninfo e a sala onde deu aulas António Machado. Sem dúvida que é uma boa oportunidade para conhecer melhor este poeta, talvez pouco conhecido em Portugal, mas muito conhecido em Espanha. A catedral e a parte histórica, são também merecedoras de uma visita feita sem preocupações de tempo.

Entre Úbeda e Toledo são cerca de 270 quilómetros. Atravessa-se uma região com poucos aglomerados populacionais, embora se passe por Navas de Tolosa, onde pode ser visitado o museu alusivo a esta batalha onde se enfrentaram os cristãos e os muçulmanos, com vitória para os primeiros.

Do lado dos cristãos estavam os reis de Aragão, Castela e Navarra, com o apoio de um forte contingente militar português, embora sem a presença da Rei, conseguindo assim derrotar os muçulmanos e pôr fim ao domínio dos almóadas. Havia também tropas do norte que ajudaram a derrotar os muçulmanos a 16 de Julho de 1212.

Partilhar

Por favor aguarde...
Total de Visitas da Página: 4
Total de Visitas do Website: 225103

sem comentários

Deixe um comentário