Ida à Universidade de Granada

 

Correspondendo a um convite que me foi feito pela Escuela de Caminos, Canales y Puertos, da Universidade de Granada, estive, uma vez mais, nesta linda cidade.

 A razão do convite foi a minha participação num júri de doutoramento europeu, a que se submeteu a Engª Maria Mercado, tendo-me sido dada a honra de a ele presidir.

Esta foi a 11ª vez que ali me desloquei, desde o ano de 1998, em que iniciámos uma cooperação que tem perdurado no tempo. É por isto que eu já me considero como “pertencendo” a esta Escola dados os laços de amizade que a ela me unem, na pessoa de muitos dos seu professores, com destaque para o António Espin que conheci em 1995, quando ambos estivemos num congresso em Punta Arenas, na parte chilena da Patagónia. Alguns dos docentes desta Escola já estiveram na UTAD, também no âmbito do programa ERASMUS – docentes.

A exemplo do que aconteceu nas vezes anteriores, visitei Alhambra, pela 4ª vez, sendo que desta tive oportunidade de almoçar no Parador que se encontra no seu interior. Ir a Granada e não visitar Alhambra é como ir a Roma e não ver o Papa.

Também a Catedral e a Capela dos Reis Católicos merece, sempre, uma visita.

A noite, com todos os cafés e restaurantes servindo as suas tapas é, também, imperdível e permite percorrer as suas do centro da cidade, cruzando-se com muita gente pois ali a cultura “de la calle” tem uma expressão plena.

Um abraço,

Partilhar

Por favor aguarde...
Total de Visitas da Página: 4
Total de Visitas do Website: 228298

sem comentários

Deixe um comentário