ManuelCordeiro.net

Switch to desktop Register Login

Bichai Rattakul

Bhichai Rattakul, Presidente de Rotary International, 2002-2003

Quando colocamos amor nas nossas acções, não pensamos no dinheiro ou tempo que estamos gastando. Somos inspirados a fazer e dar mais. Amor é a força motivadora que impulsiona o trabalho rotário”

Trata-se de um pensamento que é comum a quem dedica parte do seu tempo ao voluntariado. Ser voluntário, seja em que instituição ou área for, exige muito amor e dedicação. Tenho grande admiração pelos voluntários e voluntárias de todo o mundo. Muitas vezes exercem essa actividade em condições muito difíceis. Afastados daquilo a que chamamos “a civilização”, da família e dos amigos.

Tenho tido a sorte de me cruzar com voluntários e voluntárias por esse mundo fora, em especial em Moçambique e em Timor.

Para eles e elas o meu muito obrigado e os votos de que continuem. Há muita gente que precisa da sua presença.

Aceitem um abraço do amigo,

Manuel Cordeiro

Atualizado em 16-05-2011

Visitas: 1229

O que disse Paul Harris - Meu Caminho para Rotary (pp 208)

Para iniciar este espaço deixo uma referência retirada da página 208 do livro My Road to Rotary, escrito por Paul Harris.

 

Diz ele que “enquanto estava em Princeton, o meu avô Howard Harris faleceu, no dia 17 de Março de 1888. Ele transmitiu-me um conjunto de regras que deveria seguir para ter sucesso na vida. A principal delas era a TOLERÂNCIA. Enquanto convivemos nunca ouvi o meu avô dizer mal de qualquer pessoa, fosse qual fosse a sua confissão religiosa ou a sua opção política”.

 

Creio ser um bom início desta nossa rubrica. Paul Harris diz-me muito, pois pertenço ao movimento por ele formado.

Vamos seguir o exemplo do seu avô: sejamos tolerantes com todos aqueles que connosco se cruzam no nosso dia-a-dia.

Se quiserem saber mais sobre Paul Harris acedam ao texto Personalidades e Instituições neste meu site.

Aceitem um abraço do,

Manuel Cordeiro

Atualizado em 11-05-2011

Visitas: 1966

Pensamentos

"As ilusões sustentam a alma como as asas sustentam o pássaroAs ilusões sustentam a alma como as asas sustentam o pássaro", Victor hugo

Todos os dias somos confrontados com notícias que nos entram pela casa dentro, debitadas pelas rádios, pelas televisões e pelos jornais. Como pessoa atenta ao que se passa no dia-a-dia pretendo reflectir em voz alta sobre acontecimentos que nos marcam, mas sempre pela positiva.

Procurarei colocar aqui pensamentos de outras pessoas, como por exemplo Paul Harris, Baden Powell, Madre Teresa de Calcutá e tantos(as) outros(as) que nos marcaram com as suas intervenções que influenciaram a vida de todos nós.

Todos os dias somos confrontados com notícias que nos entram pela casa dentro, debitadas pelas rádios, pelas televisões e pelos jornais. Como pessoa atenta ao que se passa no dia-a-dia pretendo reflectir em voz alta sobre acontecimentos que nos marcam, mas sempre pela positiva.

Procurarei colocar aqui pensamentos de outras pessoas, como por exemplo Paul Harris, Baden Powell, Madre Teresa de Calcutá e tantos(as) outros(as) que nos marcaram com as suas intervenções que influenciaram a vida de todos nós.

Acetem um abraço do,

Manuel Cordeiro

PS: Victor Hugo serve para iniciarmos esta rubrica

Atualizado em 11-05-2011

Visitas: 1596