ManuelCordeiro.net

Switch to desktop Register Login

São Josémaria de Escrivá Balaguer

 

 

São santos os que lutam até o fim da vida: os que sempre sabem levantar-se depois de cada tropeço, de cada queda, para prosseguir valentemente o caminho com humildade, com amor, com esperança

Nasceu a 9 de Janeiro de 1902 em Barbastro, província de Aragão, Espanha e faleceu a 26 de junho de 1975, em Roma, Itália.

Quando tinha doze anos, o negócio do seu pai faliu e, com os seus pais e a sua irmã mais velha, foi viver para Logroño, La Rioja. Inicialmente, Josémaria planeava estudar arquitectura. Mas, num dia de inverno, um acontecimento veio mudar a sua vida: enquanto caminhava, cruzou-se com um carmelita, que andava descalço pela neve. Esse episódio tocou-o muito profundamente, e pouco tempo depois tomou a decisão de abraçar o sacerdócio.

As ordens menores de 'Ostiário" e de "Leitor" foram-lhe conferidas pelo Cardeal Soldevila em 17 de Dezembro de 1922. O "subdiaconado" foi-lhe conferido por D. Miguel de los Santos no dia 14 de Junho de 1924, na igreja do Seminário de São Carlos e das mãos do mesmo D. Miguel e na mesma igreja em 20 de Dezembro de 1924 recebeu a Sagrada Ordem do Diaconado.

Recebeu a ordenação sacerdotal em Saragoça, na igreja de São Carlos a 28 de Março de 1925: conferiu-lha D. Miguel de los Santos Díaz de Gómara. A sua primeira missa celebrou-a na "Santa e Angélica Capela do Pilar de Saragoça", no dia 30 de Março de 1925, às dez e meia da manhã, em sufrágio pela alma de seu pai, José Escrivá Corzán, que havia falecido no dia 27 de Novembro de 1924.

Iniciou a sua actividade pastoral em paróquias rurais, continuando-a posteriormente pelos bairros pobres e pelos hospitais de Madrid, onde realizou numerosas obras de misericórdia, e entre os estudantes universitários. Nessa época exerce o cargo de capelão do Patronato de Enfermos.

Foi beatificado a 17 de Maio de 1992 e canonizado a 6 de Outubro de 2002, ambas as cerimónias presididas pelo Papa João Paulo II.

Foi fundador da Opus Dei.

Atualizado em 17-07-2014

Visitas: 1172

Helena Garrido

 "Na profundidade da mentira há sempre algo de preverso" 

Era filha de um pai espanhol e uma mãe mexicana. Nasceu no estado de Puebla em 11 de Dezembro de 1920, embora esta data não é confiável. Passou a sua infância na Cidade do México. Mais tarde a sua família mudou-se para Iguala no estado de Guerrero. Quando era jovem, viajou para a Cidade do México para estudar literatura, coreografia e teatro na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Lá conheceu Octavio Paz, com quem se casou em 1937, o que a impediu de continuar os estudos. Foram para Espanha no mesmo ano, retornando ao México em 1938. Tiveram uma filha, Helena. Divorciaram-se em 1959.
Escritora, novelista e dramaturga publicou, entre outros,  "Un hogar sólido" (1958), "Los recuerdos del porvenir" (1963) e "La culpa es de los tlaxcaltecas".

A sua obra toca em questões como a marginalização das mulheres, a liberdade das mulheres e a liberdade política. A sua figura literária tornou-se um símbolo libertário

Em Cangas de Oniz, Astúrias, Espanha passou com o marido um inverno no chalet de D Diego ou Casa Riera, junto ao rio onde se inspirou para escrever “A Casa do Lago”.

Atualizado em 08-07-2014

Visitas: 1914

Nelson Mandela(2)

 

 

"A educação é a arma mais poderosa que se pode usar para mudar o Mundo"

Nelson Rolihlahla Mandela nasceu em Mvezo, África do Sul a 18 de julho de 1918, tendo atualmente 94 anos. É advogado e foi Presidente da África do Sul entre 1994 e 1999. É considerado o mais importante líder da África Negra. Ganhou o Prémio Nobel da Paz em 1993 e é considerado o Pai da Pátria da nação sul-africana.

Dedicou a maior parte da sua vida ao serviço da humanidade quer como advogado dos direitos humanos quer como prisioneiro de consciência. Em sua homenagem a ONU instituiu o Dia Internacional Nelson Mandela, no dia do seu nascimento, como forma de valorizar em todo o mundo a luta pela liberdade, pela justiça e pela democracia.

Nascido numa família de nobreza tribal, numa pequena aldeia, cedo seguiu para a capital Joanesburgo onde iniciou a sua atividade política. Foi considerado um aluno rebelde nos tempos da faculdade, tendo-se tornado advogado e líder da resistência não violenta da juventude em luta. Foi condenado por traição tornando-se o prisioneiro mais famoso do mundo. É o político mais galardoado em vida, sendo responsável pela refundação do seu país, tornando-o uma sociedade multiétnica.

Criticado muitas vezes por ser um pouco egocêntrico e por o seu governo ter sido amigo de ditadores que foram simpáticos ao Congresso Nacional Africano, a sua figura de ser humano que enfrentou dramas pessoais e permaneceu fiel ao dever de governar o seu país, ultrapassou todos os aspetos negativos que pode ter tido a sua atuação.

Foi o mais poderoso símbolo da luta contra o regime segregacionista do Apartheid, sistema racista oficializado em 1948, e modelo mundial de resistência. No dizer de Ali Abdessalam Treki, Presidente da Assembleia Geral das Nações unidas, Mandela foi "um dos maiores líderes morais e políticos de nosso tempo".

Fonte: Wikipedia

 

Atualizado em 07-03-2013

Visitas: 1697

Maria Bibiana Benitez

 

"Mesmo que o amor não seja mais o seu amor, será sempre amor. O amor nunca morre. Ele muda de endereço. E a gente tem que se dar a chance de mudar também".

 

Maria Bibiana Benitez nasceu numa família da classe média na cidade de Aguadilla em Porto Rico. Seu pai Jose Benitez, era um tenente do exército espanhol, que em 28 de abril de 1797 defendeu "La Puntilla" contra uma invasão Inglesa. Ele era casado com Juana Bautista Benitez. Sua família adorava literatura e era dono de uma biblioteca particular que continha uma coleção dos melhores livros disponíveis na época. Ele chegou a ter uma posição de relevo no governo colonial espanhol, o que lhe permitiu, também, pôr a filha a estudar em bons colégios privados onde aprendeu poesia e composição.
Em 1813, ela mudou-se para a cidade costeira de Luquillo, onde escreveu a maioria dos seus poemas. Em 1820, o seu irmão Pedro José Benítez e sua esposa morreram e ela encarregou-se da educação da sobrinha órfã Alejandrina Benítez de Gautier, que viria, no futuro, a tornar-se uma poetisa renome-

Em 1832, Bibiana publicou o seu primeiro poema, La Ninfa de Puerto Rico, que é considerado o primeiro poema escrito por uma mulher Porto-riquenha. Foi também a primeira mulher porto riquinha a escrever uma peça dramática, La Cruz del Morro (A Cruz de El Morro).

Morreu em 18 abril de 1873 em San Juan de Porto Rico.

Fonte: Wikipedia

Atualizado em 18-05-2013

Visitas: 1973

Ralph Waldo Emerson

 

"A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia.
É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você."

 

Ralph Waldo Emerson, nasceu a 25 de maio de 1803 em Boston e faleceu a 27 de abril de 1882, em Concord, Massachusetts.

Foi um famoso escritor, filósofo e poeta estado-unidense.

Fez seus estudos em Harvard para se tornar, como o seu pai, ministro religioso. Foi pastor em Boston, mas interrompeu essa atividade por divergências doutrinárias sobre a eucaristia.

Em 1833 viaja pela Europa e encontra Mill, Coleridge, Wordsworth e Carlyle, cultivando uma profunda amizade com este último.

De volta aos Estados Unidos, começou a desenvolver a sua filosofia "transcendentalista", exposta em obras como Natureza, Ensaios e Sociedade e solidão.

O transcendentalismo é, para Emerson, um esforço de introspeção metódica para se chegar além do "eu" superficial ao "eu" profundo, o espírito universal comum a toda a espécie humana.

O clube transcendentalista de Concord, ao qual pertenciam entre outros Thoreau e Margareth Füller, e cujo órgão oficial era a revista The Dial, exercia grande influência sobre a vida intelectual americana do século XIX.

Fonte: Wikipedia

Atualizado em 08-02-2013

Visitas: 1532