Mia Couto

 

A maior desgraça de uma nação pobre é que em vez de produzir riqueza, produz ricos.

 

Mia Couto é um escritor Moçambicano conhecido em todo o mundo pelos vários livros que já publicou. De seu nome próprio António Emílio Leite Couto, nasceu na cidade da Beira, Moçambique em 5 de Julho de 1955. Seu pai, Fernando Couto, emigrante português de Rio Tinto, foi jornalista e poeta, sendo um participante activo de círculos intelectuais.

Foi no jornal Notícias da Beira que publicou os seus primeiros poemas tendo começado assim o começou o seu percurso literário, iniciado na poesia passando depois para a prosa.

Em 1972 ingressou na Universidade de Lourenço Marques para estudar medicina, que abandonou logo a seguir ao 25 de Abril passando a fazer jornalismo. Foi Director da Agência de Informação de Moçambique e dirigiu a revista Tempo e o jornal notícias de Maputo. O primeiro livro nasceu em 1983. Era um livro de poemas “Raiz de Orvalho”. Desde então nunca mais parou de publicar tendo recebido vários prémios pela qualidade da sua obra. O último foi o prémio Eduardo Lourenço atribuído pelo Centro de Estudo Ibérico, que lhe foi entregue na Guarda há uns meses atrás.

Mais informações em: http://www.teatro-dmaria.pt/Temporada/detalhe.aspx?idc=1024

Um abraço.

Partilhar

Por favor aguarde...
Total de Visitas da Página: 4
Total de Visitas do Website: 219912

sem comentários

Deixe um comentário